segunda-feira, maio 19

O afiador de facas


Agora mesmo estava fazendo a Laninha dormir e escuto da minha janela o assobiu ou apito (fiquei na dúvida...) do afiador de facas. Barulhinho esse conhecido e que me remete para as manhãs da minha infância lá em Bagé.

Eu gostava muito de ouvir esse som e ia correndo para a janela olhar o homem que afiava facas. Bem coisa de interior...mas , às vezes, aqui na capital, também acontecem essas coisas.

E por falar em sons que vem pela janela, acordo sempre pela manhã com o apito da marinha, que fica em frente a minha casa. E nas segundas feiras, tem a bandinha e o desfile da brigada militar, que também fica no mesmo quarteirão. Mas, sem dúvida nenhuma , o som do afiador de facas é muito mais interessante. Uma, porque lembra minha infância, e outra, por ser só de vez em quando e quando menos se espera.

Um comentário:

Xica disse...

Olha só. Eu também adoro ouvir o afiador que passa aqui quando em vez. Sá de férias ou de licença pude ouvir.
Saudades dos nossos papos!!
Beijos